Header Ads

Formula Negocio Online

Hackers criam site para denunciar abusos de autoridades!


Site permite fazer denúncias de abusos e que os denunciados responsam às acusações
Foto: Reprodução















Os hackers reunidos em Brasília no 4º Congresso Internacional Governo Eletrônico e Software Livre (Consegi) já começaram a colocar em prática os projetos desenvolvidos no evento, que termina nesta sexta-feira. Em três dias, os participantes do encontro trabalharam em 10 projetos, como aplicativos que prometem contribuir para fiscalização cidadã de gastos e atos públicos. Um deles já está no ar, o site Otoridades - você sabe com quem está falando?, que permite a denúncia de abusos de autoridade.

No site, os usuários podem denunciar abusos de autoridade em todas as esferas de governo. Os denunciados podem se retratar através de um direito de resposta ou de um pedido de desculpas. Os usuários podem incluir no site fotos, links ou vídeos que comprovem a denúncia. "Pretendemos criar uma plataforma onde as pessoas possam conhecer os casos de abuso de autoridade e onde eles ocorrem. Com isso, queremos orientar a população sobre esse aspecto problemático de nossa cultura política para que possam saber a que meios legais podem recorrer", explica em nota Luciano Santa-Brigida, um dos responsáveis pelo projeto.

Outro projeto em andamento é O Jogo da Vida do Processo Legislativo, realizado por programadores com a ajuda de dois advogados. A missão é traçar as diferenças entre o processo legislativo real e o ideal, criando, com auxílio de ferramentais digitais, padrões que permitam ao cidadão entender com clareza como funciona a tramitação das matérias no Congresso.
Além disso, os hackers estão ajudando o Ministério da Justiça a compilar imagens de mais de 500 mil projetos legislativos brasileiros, que estavam desorganizados. Alguns desses textos foram redigidos há mais de 70 anos e agora estão sendo organizados. ¿Não é todo dia que temos acesso a algo tão grande e importante para história do país. Esperamos produzir resultados interessantes¿, diz Fabrício Zuardi, um dos desenvolvedores do projeto, em comunicado.

O projeto Otoridades está disponível em www.otoridades.com.br.
Tecnologia do Blogger.