Header Ads

Formula Negocio Online

Internautas fazem campanha para salvar estudante com leucemia

internautas fazem campanha par salvar estudante
Foi só um e-mail. Há 62 dias internado no hospital, o universitário mineiro Felipe Henrique da Silva, de 25 anos, enviou uma mensagem aos amigos pedindo ajuda para encontrar doadores para salvar a sua vida. Ele tem leucemia e precisa de medula óssea. O problema é que a chance de conseguir compatibilidade genética é de uma em 100 mil. Ninguém da família dele tem.

Numa quinta-feira, então, Felipe disparou e-mail para 35 amigos. Não foi um texto de desespero, mas descontraído. Começava com um “fala, moçada!” e terminava com um “aqueles que não puderem doar, esquenta não, só de orar por mim já me sinto muito feliz”. Foi o começo de um efeito em rede. Um amigo mandou para o outro, que mandou para o outro, que mandou para o outro…

E explodiu na internet. O universitário ainda não conseguiu o doador. Mas já chegam pelo menos 20 ligações diárias de pessoas oferecendo ajuda. Ao todo, até agora, já foram 300. “Já ligou gente de São Paulo, do Rio, da Paraíba e até dos Estados Unidos. Do interior de Minas já até perdi a conta das cidades – Ouro Preto, Araxá, Ipatinga. Eles ligam, primeiro, perguntando se é verdade, depois, querendo ajudar meu filho, rezar por ele”, diz a mãe, Oracina, ao Estado de Minas.

Felipe demonstra confiança na mobilização da internet, que o surpreendeu. “Minha maior preocupação seria não encontrar um doador, mas tenho muita confiança de que vou conseguir. Nossa campanha está muito forte”, diz ele, entre um gole e outro de água – a boca fica ressecada por conta das sessões de quimioterapia.
Para quem puder ajudar, Felipe está no hospital Socor, em Belo Horizonte.

links:
hospital socor
fone: (31) 3330-3004
Tecnologia do Blogger.