Header Ads

Formula Negocio Online

Após colaboração de Sabu, líderes dos Anonymous e do LuzSec são presos

Sabu, um dos mentores dos coletivos hackers, foi identificado como Hector Xavier Monsegur, e foi preso secretamente no final do ano passado, diz reportagem da Fox News.

Vários membros dos grupos hackers LulzSec e Anonymous foram presos na manhã desta terça (6) com base em informações fornecidas por "Sabu", o misterioso líder do LulzSec que foi secretamente preso no ano passado.

Sabu, principal porta-voz LulzSec, foi identificado hoje pelo site FoxNews.com como Hector Xavier Monsegur, esteve trabalhando
como informante do FBI desde sua prisão, em julho do ano passado.

Descrito pela polícia americana como "extremamente inteligente", Sabu, um dos hackers mais procurados do mundo, sempre tomou cuidado de ocultar seus passos na internet. No entanto, após entrar, apenas uma vez, em um serviço de comunicação online (IRC) com seu IP real, ele passou a ser vigiado pelo FBI até ser encontrado. A polícia americana monitorou até sua conta no Facebook.

Os detidos hoje incluem um membro do grupo AntiSec apontado como responsável pela invasão maciça na empresa de segurança Stratfor, em dezembro.

Um agente do FBI em Nova York confirmou as prisões e disse que seis hackers que pertencem aos grupos Anonymous, LulzSec e Antisec foram capturados nos EUA e no exterior. O funcionário descreveu os presos como "líderes" dos grupos.

Segundo a FoxNews, o FBI prendeu dois homens da Grã-Bretanha, dois da Irlanda, e um de Chicago.

Uma acusação listando as acusações está prevista para ser divulgada hoje na Corte dos EUA para o Distrito Sul de Nova York, diz a FoxNews.

A reportagem descreve Monsegur como um pai de 28 anos desempregado, que aparentemente coordenava milhares de hackitivstas em todo o mundo a partir de um quarto em um projeto habitacional público em Lower Side, bairro de Nova York.

Monsegur, que foi preso pelo FBI no ano passado, se declarou culpado de várias acusações relacionadas a suas atividades e tem cooperado desde então, de acordo com a Fox.

A notícia da prisão de Sabu agitou os tweets de vários membros dos Anonymous, incluindo um que ameaçou com represálias. "A maneira como Sabu & gangue tomou o controle das (operações) Anonops ... vamos retaliar", disse o tweet.

Leia também:

- Anonymous na Mira da Interpol
- Ferramenta de ataque dos Anonymous foi modificada para instalar vírus





Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tecnologia do Blogger.