Header Ads

Formula Negocio Online

Consumidores estão mais conscientes sobre segurança online

consumidor online mais consciente A maioria está ciente dos riscos de fraude e se sente capacitada a assumir riscos calculados ao comprar pela Internet

A Avira, fornecedora de soluções para a segurança digital, liberou os resultados de uma pesquisa sobre segurança online de compras realizadas pela Internet.

O estudo foi realizado com consumidores do mundo inteiro e abordou o tema segurança durante as compras online. A ideia era verificar se as preocupações dos consumidores com relação às fraudes e riscos das compras online aumentaram ou diminuíram com relação ao ano passado.

A maior mudança no resultado da pesquisa entre 2011 e 2012 foi o aumento de 23% no número de pessoas que se sentem confortáveis durante as compras online, desde que o sistema de pagamento seja seguro. A segunda maior mudança foi a diminuição de 10% no número de pessoas que negam que existam fraudes acontecendo no mundo online - agora, mais de 95% os entrevistados tem conhecimento de que a fraude online é uma realidade e as compras se tornaram um risco calculado.

"Os consumidores têm abraçado as compras online, pela web e dispositivos móveis, e o estereotipado Sr. Luddite, que temia os avanços da tecnologia e que, por isso, se recusaria hoje a fazer compras online, praticamente não existe mais", disse o COO da Avira, Travis Witteveen.

O Sr. Luddite é um termo inglês comumente utilizado para ilustrar pessoas que são hostis à tecnologia. Ele se refere aos artesãos da época da Revolução industrial que eram veemente contrários às máquinas.

"O que estamos vendo este ano é um consumidor mais consciente, e que reconhece que a fraude online pode acontecer. Ele está mais cuidadoso em relação às lojas que usa para fazer compras online e procura por aquelas que possuem certificados de pagamento seguros. O consumidor de hoje está mais disposto a assumir riscos calculados e controlados", afirmou o executivo.

A pesquisa de múltipla escolha foi oferecida aleatoriamente aos visitantes do site da Avira no mês de julho de 2011 e novamente em setembro de 2012.

Quando perguntados se os usuários se sentiam seguros ao fazer compras online, 16% deles responderam que se sentiam à vontade, desde que o método de pagamento e as transações financeiras fossem seguras. Em 2012 esse número aumentou para 39%.

Com relação às fraudes em compras online, 15% dos entrevistados responderam que acreditavam que esse tipo de perigo não existia. Em 2012, apenas 5% dos usuários mantêm o mesmo pensamento.

Devido a questões de segurança, 19% dos entrevistados não realizavam compras onlineem 2011. Já em 2012, esse número caiu para 12%. Ainda assim, 23% dos participantes da pesquisa admitiram realizar compras em lojas online, mas temerem que seus dados pessoais caiam em mãos erradas - redução de 6%, se comparados com os 29% dos entrevistados em 2011.

Apenas 22% dos entrevistados confiam apenas em lojas conhecidas ou marcas como a Amazon ou o iTunes para realizar compras online.

_________________________________________



Tecnologia do Blogger.